Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010
Primeira Reflexão - A avaliação de Recursos Multimédia para Quadros Interactivos

Linguagens de Autoria em Educação


A avaliação de Recursos Multimédia para Quadros Interactivos

                      

 

         No âmbito da disciplina de Linguagens de Autoria em Educação propusemo-nos trabalhar no domínio dos Quadros Interactivos. Como ponto de partida foi-nos solicitada a selecção do que considerássemos um bom, um médio e um mau recurso multimédia, tendo por base a nossa experiência, as nossas expectativas e ideias pré-concebidas acerca desses recursos.

Os RE-QI foram seleccionados em grupo e a sua apreciação foi feita por duas etapas, numa primeira fase individualmente, e uma segunda apreciação em trabalho de equipa.

Os dois momentos de avaliação, tarefas  com o mesmo objectivo, permitiram atentar  nos três recursos sob perspectivas diferentes. Na avaliação individual dos  recursos seleccionados tentei fazer uma apreciação tendo em conta o maior número de critérios que considerava importante para um RE- QI ser um bom recurso: substituir uma aula tradicional, ser um bom meio de trabalhar/transmitir conteúdos, adequação ao nível de ensino, progressão da dificuldade das actividades. Reflectindo presentemente, penso que consegui avaliar vários aspectos importantes sobre os três recursos, no entanto, por não ter definido previamente os critérios a ter em conta, não avaliei com exactidão, e em todos, os mesmos parâmetros. A minha avaliação poderá ter sido pouco objectiva e incompleta.

Quando se passou à fase de avaliação dos recursos em grupo, dado os diferentes pontos de vista sobre os critérios considerados importantes por cada elemento do grupo, demo-nos imediatamente conta que teríamos de proceder a uma sistematização no processo de avaliação. Essa sistematização conseguiu-se com a elaboração de uma primeira grelha de avaliação, em pequeno grupo, para a qual seleccionámos apenas os aspectos que, da nossa perspectiva, seriam indispensáveis para a classificação de um bom recurso. Esta discussão foi importante porque nos permitiu verificar que valorizávamos aspectos diferentes em relação ao mesmo recurso e que, para se fazer uma avaliação séria, teríamos que definir critérios a aplicar, em simultâneo, aos três recursos a classificar.

Uma terceira fase de avaliação de recursos foi feita em grande grupo, em que foram discutidos os aspectos que todos os elementos da turma consideraram importantes ou menos importantes. Tal como já tinha acontecido em pequeno grupo, sentiu-se a necessidade de elaboração de um instrumento de avaliação de RE-QI que sintetizasse todos os aspectos a ter em conta na avaliação dos recursos. Nesta tabela, foram considerados vários parâmetros e critérios a ter em conta, como os conteúdos a abordar, a actividade em si (adequação do  grau de dificuldade, a previsão de interactividade, entre outros) o aspecto gráfico do recurso, a sua aplicabilidade  nas aulas e facilidade de utilização e a sua inovação.

No que me diz respeito, as três fases deste processo foram formativas, na medida em que nos demos conta que, individualmente, temos um ponto de vista sobre um recurso, que pode ser incompleto ou afectado pela nossa subjectividade e ideias pré-concebidas (resultantes, por exemplo, de algumas aplicações menos bem sucedida de recursos do mesmo género). Esse ponto de vista é enriquecido quando o partilhamos com outros e vai sendo sempre aperfeiçoado, melhorado, à medida que o alargamos à comunidade. A “Tabela de critérios para avaliar a qualidade de recursos educativos para QI que foi elaborada em grande grupo é o instrumento que resultou desse processo formativo e da partilha de diferentes pontos de vista dos elementos da turma de Linguagens de Autoria.

 

 

                                                 Margarida Cortesão 

 




.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Terceira Reflexão - O Gui...

. Segunda Reflexão - O soft...

. Primeira Reflexão - A ava...

. Comentário de avaliação a...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds